Buscar
  • paolaalteriodi

Mármore: a resposta para um design elegante

Quando o assunto é revestimento, nada revela maior bom gosto do que o mármore. A pedra nobre enriquece qualquer ambiente e nunca sai de moda.


Mármores são pedras atemporais, que caem bem em qualquer tipo de decoração. É um material que traz sofisticação e elegância aos espaços e ajuda a caracterizá-los e personalizá-los.


Para que esse efeito não se perca, é necessário saber como e onde introduzir este material na decoração de sua casa.


E, é disso que vamos falar neste artigo.




Mármore na decoração


O mármore tem sido usado ao longo dos séculos como um material para adicionar um toque de classe e elegância a qualquer construção, obra de arte ou ambiente. Hoje continua a ser utilizado com bastante frequência na decoração de interiores e é fácil perceber os motivos:

  1. Beleza: a beleza é, sem dúvida, uma das maiores vantagens no que toca à utilização do mármore na sua habitação. Disponível em várias cores, texturas e acabamentos, oferece opções flexíveis e adaptáveis a qualquer espaço e ambiente decorativo, o que contribui para a elevação estética da casa.

  2. Único: as características naturais do mármore tornam-no num material único e difícil de imitar. As cores que compõem as peças de mármore são sempre diferentes e impossíveis de reproduzir na perfeição. Um espaço ou elemento decorativo revestido a mármore é, por isso mesmo, único e detentor de personalidade própria.

  3. Aspecto natural: o aspecto do mármore pode trazer para dentro de sua casa a pureza do espaço exterior envolvente. Mesmo que o material seja altamente refinado, as características inerentes à natureza, a textura e a combinação de cores dão-lhe um aspecto natural.

  4. Possibilidade de polimento: ao contrário da maioria das pedras naturais, o mármore é passível de ser polido. Este tratamento oferece ao material um novo aspecto ainda mais sofisticado, elegante e uma aparência distinta.

  5. Bom condutor de calor: se pretende instalar um sistema de aquecimento radiante pode contar com o mármore como aliado, uma vez que se trata de um excelente condutor de calor. Esta opção vai tornar o piso de sua casa mais confortável e o ambiente acolhedor.

Onde usar?

  • Mesas

  • Paredes internas

  • Lareiras

  • Balcão da cozinha

  • Casas de Banho

  • Pisos de baixa afluência

Como escolher o mármore e o tipo de acabamento?


O acabamento das placas de mármore é fundamental e contribui de forma decisiva para o impacto visual no resultado final do projeto.

Por isso, para escolher o mármore deve ter em conta o tipo de decoração que pretende, os locais onde o deseja colocar e aliá-los aos tipos de acabamento:

  1. Polido: tratamento que visa dar brilho à pedra. Ideal para utilização em espaços interiores e nunca para pisos, uma vez que pode ficar demasiado escorregadio quando em contacto com água.

  2. Bruto: a pedra não recebe qualquer tipo de tratamento e é utilizada ao natural. Ideal para decoração rústica e espaços acolhedores.

  3. Jateado: tratamento com base em jacto de areia. Oferece à pedra uma camada arenosa áspera que a torna ideal para utilização em pisos e áreas exteriores.

  4. Levigado: tratamento à base de lixa que oferece uma textura lisa (ou opaca) e um aspecto semi-polido, mas sem brilho, mantendo a cor natural da pedra. Pode ser utilizada com igual impacto e qualidade de desempenho em espaços interiores ou exteriores.

  5. Cristalizado: tratamento que consiste na aplicação de uma película de protecção sobre a pedra, tornando-a mais resistente e garantindo a sua durabilidade. Utilizado principalmente no tratamento de pisos.

  6. Resinado: consiste na aplicação de resina na pedra de forma a cobrir os poros existentes na superfície, para fechar as fissuras e apresentar como resultado final uma pedra polida e brilhante.

Outra observação importante é estar atento aos vários tipos de mármore no mercado uma vez que cada tipo de mármore tem aspetos, texturas e características diferentes. Por isso, consultar um profissional de interiores ou arquitetura é essencial para garantir um resultado mais seguro, desde a escolha do mármore apropriado até ao método de instalação e a garantia.

É preciso ter cuidado? Como preservar a pedra?

O mármore pode lascar e manchar facilmente com gordura, vinho ou outros alimentos, pois são altamente absorventes.

Por isso, recomenda-se o uso de impermeabilização, que aliada a limpeza adequada lhe garante uma longa durabilidade.

Ainda assim, este material tem a desvantagem de se manchar facilmente, pelo que a limpeza deve ser o mais eficiente e menos agressiva possível.


O que deve fazer?


  1. Deve aplicar uma porção de detergente da loiça ou de um outro produto, desde que seja específico para estas superfícies (com pH neutro), com a ajuda de um pano de microfibra humedecido em água fria. Muito importante: mesmo com este tipo de detergentes, deve fazer sempre um teste num local mais escondido e pequenino antes de começar a utilizar de forma massiva;

  2. Com a ajuda do pano, esfregue de forma muito suave a mármore, sempre em linha reta e na direção dos grãos. Evite ao máximo fazer movimentos circulares, pois corre o risco de danificar a pedra. Caso esteja perante alguma mancha, repita este processo o número de vezes necessário até a eliminar por completo;

  3. Finalmente, passe um pano seco e bem macio na superfície de mármore para lhe dar aquele brilho final. Ao passar o pano faça-o também suavemente e também em movimentos retos.


Conheça o Atelier Bossa!


Existem vários tipos de mármore e cada um deles sugere uma localização, utilização e instalação diferente e cuidada.


Apesar das dicas que oferecemos neste artigo, pedir ajuda a um profissional é a melhor forma de garantir um bom trabalho e longevidade da pedra.


O Atelier Bossa está à disposição para auxiliar o seu projeto de forma a garantir um bom resultado e a sua satisfação.


Para mais dicas, inspirações ou artigos de arquitetura e design de interiores siga as nossas redes sociais.


Todos são bem vindos!



9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo